Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quinta-feira, 22 de setembro de 2016

    Greve dos bancários completa 17 dias sem previsão para terminar em MS

    Não há previsão da greve dos bancários acabar e atividades continuam paralisadas. (Foto: Marcos Ermínio)

    Sem previsão de acabar, a greve dos bancários entra no 17º dia nesta quinta-feira (22) com atividades de 138 agências paralisadas de Campo Grande e região. Na Capital existem 120 agências, sendo que 110 estão em greve, conforme o Sindicato dos Bancários. 

    A ultima reunião da Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) com o Comando Nacional dos Sindicatos aconteceu no dia 15 de setembro e depois que a proposta de reajuste salarial de 7% e abono de R$ 3,3 mil foi negada pela categoria, a federação não marcou nova rodada de negociações.

    Para pressionar novas reuniões, aproximadamente 100 funcionários das agências bancárias da Capital realizaram um protesto na terça-feira (20). A mobilização contra a Fenaban foi nacional. 

    Os bancários pedem um reajuste de 14,78%, índice calculado para repor a inflação de 9,78% e também dar ganho real de salário de 5%. Além disso, é pedido atendimento a propostas referentes às condições de trabalho, ignorados pelos patrões.

    Denúncia 

    O Sindicato dos Bancários protocolou uma denúncia na terça-feira (20) na Polícia Federal, de que bancos estavam obrigando funcionários a atender clientes à noite, o que é proibido pela Lei nº 7.102/83 que veda o funcionamento de qualquer estabelecimento financeiro sem vigilante.

    Ainda conforme o sindicato, os bancos estão retirando durante à noite os cartazes de greve das portas das agências, e isso acaba confundindo a população.




    Fonte: campograndenews
    Por: Renata Volpe Haddad
    Link original: http://www.campograndenews.com.br/economia/greve-dos-bancarios-completa-17-dias-sem-previsao-para-terminar-em-ms

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS