Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    sexta-feira, 16 de setembro de 2016

    Empresários de Campo Grande conhecem serviços disponibilizados pelo Sistema S

    Divulgação

    A 4ª edição do Encontro de Negócios do Sistema S, realizado na noite desta quinta-feira (15/09), no Edifício Casa da Indústria, em Campo Grande (MS), serviu para mostrar aos empresários industriais os principais serviços disponibilizados pelo Sesi, Senai, IEL, CIN e Sebrae/MS para atender as demandas do setor em Mato Grosso do Sul. De acordo com o diretor da Fiems, Julião Gaúna, que representou o presidente Sérgio Longen no evento, a iniciativa tem contribuindo para levar soluções às empresas diante das dificuldades do dia a dia.

    “Ao promover o Encontro de Negócios do Sistema S, a Fiems cumpre o seu papel de fomentar o contínuo desenvolvimento do Estado, realizando ações de interesse do empresariado local. Os industriais presentes, além de conhecerem um pouco mais dos nossos serviços, podem também atuar como multiplicadores das informações repassadas”, pontuou Julião Gaúna.
    Divulgação

    Para o gerente da unidade de competitividade empresarial do Sebrae/MS, Rodrigo Maia, o evento serve ainda para integrar todo o Sistema S e, dessa forma, agregar mais valor no atendimento dos clientes. “Nesse sentido, procuramos apresentar as nossas estratégias de atendimento setorial, focando no agronegócio, na indústria, no comércio e serviços, bem como no associativismo”, declarou.

    Na avaliação do diretor técnico do Senai, Gilberto Schaedler, há pouco tempo, a entidade precisou avançar além da qualificação profissional para auxiliar o empresário industrial a encontrar soluções para os gargalos existentes atualmente. “Hoje, o nosso foco é contribuir no aumento da produção e na redução dos custos das empresas, disponibilizando serviços nas áreas técnicas e tecnológicas. A nossa missão agora é encontrar alternativas para o setor com o oferecimento de produtos variados e necessários para o setor industrial do Estado”, afirmou.
    Divulgação

    O coordenador do PSMI (Programa Senai de Manutenção Industrial), Jeancarlos Lucietto, apresentou alguns dos programas do Senai para atender as demandas atuais das indústrias, enquanto o gerente de tecnologia em SST (Segurança e Saúde do Trabalho) do Sesi, Ricardo dos Santos, destacou a parceria com a indústria, ajudando no ganho de competitividade e na melhoria da segurança e saúde do trabalho. Já o superintendente do IEL, José Fernando Amaral, reforçou que os principais serviços do Instituto são o programa de estágio, o recrutamento e seleção e o PQF (Programa de Qualificação de Fornecedores).

    A gerente do CIN (Centro Internacional de Negócios) da Fiems, Fernanda Barbeta, ressaltou que o foco é a internacionalização das empresas sul-mato-grossenses. “A internacionalização é um caminho para empresas de todos os portes, que podem tanto exportar, quanto importar produtos, dependendo apenas da necessidade de cada uma”, afirmou.

    Na avaliação do empresário Silmar de Oliveira Amaral, sócio-proprietário da Speak Empresa Sul-Mato-Grossense de Importação e Comércio, é importante esse tipo de iniciativa, pois só vem para acrescentar conhecimento aos empresários. “Precisamos sempre estar nos atualizando sobre as tendências de mercado e buscando novos parceiros comerciais. Um ponto importante abordado no evento foi a questão dos passivos trabalhistas, como o e-Social, que podem levar uma empresa a enfrentar grandes problemas”, falou.

    O empresário João Guimarães, da TecSilo Tecnologia em Silagens, acrescentou que o encontro serviu para mostrar um pouco dos serviços disponibilizados pelo Sistema S. “Considero esse tipo de ação muito importante e, no caso da minha área de atuação, a parte de manutenção industrial foi a que mais me chamou a atenção. Há inovações oferecidas pelo Senai que os empresários nem fazem ideia”, finalizou.





    Fonte: ASSECOM
    Por: Daniel Pedra

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS