Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quarta-feira, 14 de setembro de 2016

    Em nove dias, greve dos bancários aumenta e continua sem negociação

    Divulgação

    A greve dos bancários que começou dia 6, contabiliza 123 agências fechadas em Campo Grande e Região. Nesta quarta-feira (14), a paralisação completa nove dias e uma nova rodada de negociações está marcada para acontecer amanhã.

    Ontem, patrões e funcionários não entraram em um acordo e por isso, a greve continua sem previsão de acabar. De acordo com o sindicato dos bancários, só em Campo Grande, das 120 agências, 99 ficaram sem atendimento ontem, adesão de 82,5%.

    Representada pelo Comando Nacional dos Bancários nas negociações, a categoria pede R$ 14,78 de reajuste - valor que cobriria a inflação dos últimos 12 meses e ainda daria ganho real de 5% para os trabalhadores.

    Também são cobrados compromissos dos bancos com os bancários, garantindo combate às metas abusivas de trabalho e ao assédio moral, além do fim das demissões, ampliação das contratações, redução das terceirizações e oferecimento de mais segurança nas agências bancárias. Os trabalhadores também pedem auxílio educação.


    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS