Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    sexta-feira, 2 de setembro de 2016

    Coluna do Roberto Costa



    CRIME DE RESPONSABILIDADE – Por 61 a 20, o plenário do Senado da República decidiu na última quarta-feira (31) pelo impeachment de Dilma Rousseff. Não houve abstenção.

    CRIME DE RESPONSABILIDADE I – O resultado foi proclamado pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, que comandou o julgamento do processo no Senado.

    CRIME DE RESPONSABILIDADE II - Entre as acusações estavam a edição de três decretos de crédito suplementares sem a autorização do Legislativo e em desacordo com a meta fiscal que vigorava na época.

    CRIME DE RESPONSABILIDADE III – Também pesaram as operações que ficaram conhecidas como pedaladas fiscais, atrasos no repasse de recursos do Tesouro aos bancos públicos responsáveis pelo pagamento de benefícios sociais, como o Plano Safra.

    BONZINHO – O Plenário rejeitou a inabilitação de Dilma Rousseff para funções públicas por oito anos. Foram 42 a favor, 36 contra e 3 abstenções. Eram necessários dois terços dos senadores para aprovar.

    CADAFALSO – Quem está com a corda no pescoço é o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, do PMDB. Muito dificilmente ele conseguirá escapar das acusações de improbidade administrativa.

    NA FILA DE ESPERA – O ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, também acusado de atos espúrios, é outro cujo futuro político é incerto por conta do desfecho da Operação Lava Jato.

    SITUAÇÃO REGULARIZADA - O candidato à reeleição, Ivan da Cruz Pereira, (PMDB) de Paraíso das Águas/MS teve a candidatura homologada pelo juiz eleitoral da 38ª Zona Eleitoral de Costa Rica/MS, Walter Arthur Alge Netto.

    ASSÉDIO SEXUAL - Já foi encaminhado ao Ministério Público Estadual o inquérito instaurado pela Polícia Civil para investigar crime de assédio sexual supostamente envolvendo o presidente da Fundtur.

    ASSÉDIO SEXUAL I – O caso foi conduzido pela chefa da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher Ariene Nazareth Murad de Souza Cury. A delegada ouviu sete pessoas, pediu perícia do aparelho celular da repórter, concluiu o inquérito e o remeteu para o MPE.

    ASSÉDIO SEXUAL II – Ela apurou a denúncia da ex-repórter da TVE, Nilmara Caramalac, que acusa de assédio sexual o diretor-presidente da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul, Nelson Cintra Ribeiro (PSDB).

    PESQUISA – Pesquisa DATAmax mostra o deputado estadual Marquinhos Trad (PSD) COM 28,11% na liderança da disputa na Capital, seguido por Alcides Bernal (14,30%) e Rose Modesto, PP e PSDB, respectivamente.

    PESQUISA I – As entrevistas para o Midiamax foram realizadas entre os dias 23 e 27 de agosto e o número de registro da amostragem no TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) é MS-00092/2016.

    WINSTON CHURCHILL – “A diferença entre um estadista e um demagogo é que este decide pensando nas próximas eleições, enquanto aquele decide pensando nas próximas gerações.”


    --

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS