Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    sexta-feira, 30 de setembro de 2016

    Às vésperas da eleição, propaganda eleitoral por mensagem lidera ranking de denúncias

    Em todo o MS são 913 pelo Webdenúncia

    Reprodução

    Na antevéspera da eleição 2016, que ocorre neste domingo (2), o TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) já registrou, por meio do sistema Webdenúncia, 913 denuncias eleitorais em todo o estado, até o momento. Deste total 313 são somente na Capital. O motivo que lidera o ranking são de propaganda eleitoral por mensagens eletrônicas e telemarketing - 228.

    Na sequência consta compra de voto, arrecadação ou gastos ilícitos em campanha e condutas vedadas aos agentes públicos – 224; em terceiro lugar está propaganda em bens de uso comum (cinema, clubes, lojas, centros comerciais, templos, ginásios, estádios, bares, ou seja, aqueles a que a população em geral tem acesso) – 120.

    Segundo o juiz eleitoral David de Oliveira, responsável por analisar as denúncias do sistema em Campo Grande, o número que se tem até agora, é alto, se comparado com o total na eleição de 2014. “No pleito anterior tínhamos 90 dias de campanha e mesmo assim, até a véspera do dia da eleição foi computado 458 denuncias em todo MS, então se percebe um crescimento considerável”.

    Ainda de acordo com o juiz uma das questões que tem feito com que a população denuncie mais, é o fato de estarem mais criticas e intolerantes com as práticas de alguns políticos. Além disso a gente percebe que há muto mais a divulgação do que se pode ou não fazer neste período de campanha”.

    Aplicativo Pardal

    Estes primeiros três primeiros fatos denunciados pelo Webdenúncia, ou seja, pela internet, em todo o Estado, são os mesmos que estão sendo relatados no aplicativo Pardal, criado recentemente pelo TRE-MS, segundo o promotor André Antonio Campos Lorenzoni, responsável pela 36ª zona eleitoral de Campo Grande, que faz a análise dos casos do aplicativo em Campo Grande, assim como as demais denúncias que passam pelo juiz e são encaminhadas para ele.

    “Vale ressalta que o aplicativo Pardal está em funcionamento há cerca de três semanas e até agora temos 257 denúncias em todo o Estado e destas 59 em Campo Grande. Aqui nós analisamos estas que vem pelo celular e todas as demais que são feitas de diversas formas. No caso do Webdenúncia, o juiz faz a analise e filtro e encaminha para nos darmos prosseguimento”, disse o promotor.

    Ele ainda enfatiza que a maior preocupação da justiça eleitoral é com relação ao derrame de santinhos na véspera para oda da eleição. “Faço um apelo para que as pessoas denunciem cada vez mais e neste caso, tire foto e filme, de modo que de para identificar a placa do veículo responsável pela infração para posteriormente podermos dar prosseguimento na investigação”.

    O promotor explicou que um total de todas as denúncias só será possível após o fechamento das eleições. Ele também explicou que o sistema Webdenúncias vai funcionar até a noite dessa sexta e depois retorna quando iniciar a propaganda do segundo turno, se ocorrer. No caso do Pardal não terá interrupção, por ser um aplicativo baixado nos celulares do eleitor que se interessar.

    Demais denuncias

    De acordo com o Webdenúncia, as demais ações registradas no sistema são de Propaganda mediante distribuição de material gráfico (folhetos, adesivos, volantes e outros impressos) – 69; reuniões políticas – 55; propaganda mediante inscrição ou pintura nas fachadas, muros ou paredes e exposição de placas, estandartes, faixas, cavaletes, bonecos ou assemelhados – 52; propaganda mediante carros de som, minitrio, alto-falante e amplificadores de som – 46 e propaganda intra-partidária e propaganda antecipada – 30.

    Seguem na lista das denúncia registradas pelo sistema, a propaganda ao longo das vias públicas, mediantes colocação de mesas para distribuição de material de campanha e a utilização de bandeiras – 27; a realização de debates ou entrevistas com partidos/coligações ou candidatos – 17; comício e showmício – 15; propaganda eleitoral por meio de ortdoor – 11; propaganda mediante carreatas, passeatas ou caminhadas – 11 e identificação da sede de partidos, coligações e comitês de candidatos (fachadas de suas sede e dependências) – 8.

    Entre as cidades são 63 citadas no sistema. Após Campo Grande, com 313 registros, entre as primeiras da lista pelo número de registros, está Naviraí com 54, Dourados com 45, Aparecida do Taboado com 42, Corumba com 38, Três Lagoas com 29, Itaquiraí com 26, Deodápolis com 23, Ladário com 21, Fátima do Sul com 19, Novo Horizonte do Sul com 18, Bandeirantes com 16e Ribas do Rio Pardo com 15.

    Esses números podem mudar no decorrer do dia e ter acréscimo de registros.




    Fonte: Midiamax
    por: Mariana Anjos
    Link original: http://www.midiamax.com.br/politica/vesperas-eleicao-propaganda-eleitoral-mensagem-lidera-ranking-denuncias-317189

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS