Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quinta-feira, 29 de setembro de 2016

    29 de setembro - Dia do Policial Civil

    Divulgação

    Desde o ano de 2013, Mato Grosso do Sul comemora o Dia do Policial na data de 29 de setembro. Embora a data pareça festiva, na realidade, para o Sinpol-MS este é um dia para reflexão e conscientização do importante papel deste profissional na sociedade. De acordo com o presidente do Sindicato dos Policiais Civis do MS, Giancarlo Miranda, é preciso valorizar a categoria. “Somos cidadãos, como qualquer outro, incumbidos de uma missão especial: servir e proteger o cidadão. O nosso trabalho não é fácil, pois lidamos com situações difíceis todos os dias e com pessoas que praticam o mau. Nossa rotina é muito estressante, mas também muito recompensadora, pois ele nos permite ajudar as pessoas nas situações mais difíceis, como a perda de um bem ou de um familiar através do crime”, destacou.

    O Policial Civil

    O Policial Civil é o servidor público estadual, concursado, que é capacitado para investigar, solucionar e materializar os crimes cometidos contra o cidadão. Ele tem função repressiva ao crime, ou seja, ele age após o crime já ter sido cometido.
    Divulgação

    O Policial Civil apura os fatos, identifica os autores e materializa o crime. Todas essas informações compõem o inquérito policial que, após encerrado, é encaminhado ao Poder Judiciário para análise, julgamento e, possível condenação. Sem o trabalho do Policial Civil, os crimes não são resolvidos.

    Para ser Policial Civil, desde o ano de 2005, é necessário ter graduação em curso de nível superior em qualquer área do conhecimento, ter entre 21 anos e 45 anos completos, entre outros.
    Divulgação

    O salário inicial do Policial Civil em Mato Grosso do Sul é de R$3.888,26 (subsídio bruto, fora os descontos), o que não corresponde a graduação exigida e a periculosidade do trabalho.

    Veja abaixo um vídeo preparado pelo Sinpol-MS sobre o cotidiano do Policial Civil







    Fonte: ASSECOM

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS