Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quarta-feira, 17 de agosto de 2016

    Sanesul amplia estação de tratamento de esgoto de Nova Andradina

    O novo módulo da ETE, que está sendo construído, terá capacidade para tratar 40 litros de esgotos por segundo

    Serão investidos R$ 2,7 milhões na obra

    A Sanesul deu início às obras de ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Nova Andradina. O novo módulo da ETE, que está sendo construído, terá capacidade para tratar 40 litros de esgotos por segundo. Também serão construídos cerca de 660 metros de rede coletora na Rua 7 de Setembro. Serão investidos R$ 2,7 milhões na obra, recursos próprios da Sanesul.

    O gerente regional de Nova Andradina, Jair Ribeiro, visitou a obra nesta segunda-feira (15) e destacou a importância da ampliação do esgotamento sanitário na cidade. “Coleta e tratamento de esgoto é sinônimo de saúde, de qualidade de vida, além da Sanesul estar cumprindo com o plano de investimentos proposto para a cidade”.

    A Sanesul entregou outra grande obra na cidade no ano passado, com o objetivo de melhorar o abastecimento de água. Foram construídas três estações elevatórias de água, dois reservatórios elevados com capacidade de 150 mil litros cada, um reservatório apoiado com capacidade para armazenar 3,5 milhões de litros de água, além da perfuração de poço com vazão de 70 mil litros de água por hora e substituição de 9.180 metros de rede. A obra teve custo de R$ 5.454.326,08, recursos próprios da Sanesul.

    Atualmente estão sendo construídos mais de 8.400 metros de rede de distribuição de água e novas ligações domiciliares. Todas estas obras visam atender ao crescimento da cidade e consequentemente, melhorar cada vez mais os serviços prestados para a população novandradinense. 



    Fonte: ASSECOM
    Por: Larissa Almeida

    --

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS