Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    segunda-feira, 29 de agosto de 2016

    Homem mata esposa a facadas e filhos a marretadas, e morre ao se jogar de prédio

    Em carta, ele diz que não tinha recursos para sustentar família. (Reprodução/O Globo)

    Uma mulher e seus dois filhos foram mortos na manhã desta segunda-feira (29) no Rio. Nabor Coutinho Oliveira Junior, 43 anos, assassinou a facadas a esposa Khouri, 48, e em seguida os filhos Arthur, 7 anos, e Henrique, 10 anos, a marretadas, em um apartamento na Barra da Tijuca. Depois, se atirou da janela do 18º andar e morreu.

    Em entrevista ao jornal O Dia, a doméstica Luciana Salviano da Silva disse que a família era tranquila. "Eu acordei 6h20 para chamar o menino para a escola. Eu ouvi os barulhos, como se fosse de tiro, e chamei a minha patroa, disse que estava acontecendo alguma coisa. Olhei pela janela e vi o primeiro corpo. Eu a chamei e, quando olhei para baixo, vi os outros dois corpos", afirma.
    Marreta foi encontrada no quarto das crianças. (Reprodução/O Globo)

    O porteiro, Wilton Santos, declara que nunca ouviu sobre problemas entre o casal. "Eu viu as crianças ainda na barriga da mãe. A família era muito tranquila. O pai era reservado e sério, mas ela era uma mulher muito extrovertida e simpática. Nunca ouvimos sinais de brigas ou algo que abonasse a conduta deles aqui. Ele [Nabo] sempre descia para brincar com os meninos, eles jogavam bola aqui. Ninguém esperava isso. Fomos pegos de surpresa”.

    O jornal O Globo teve acesso a uma carta escrita pelo suicida, em que ele deixa subentendido que o motivo dos crimes e de sua própria morte foi a falta de condições para manter a família.

    “Me preocupo muito deixar minha família na mão. Sempre coloquei eles à frente de tudo e até nessa decisão arriscada para ganhar mais. Mas está claro para mim que está insustentável e não vou conseguir levar adiante. Não vamos ter mais nada e não vou ter como sustentar a família. E da forma como tudo ocorreu sei que meu nome vai ficar queimado nesse mercado de VAS. Não vou ter aonde trabalhar”, diz um trecho.




    Fonte: Midiamax
    Por: Norberto Liberator
    Link original: http://www.midiamax.com.br/brasil/matar-esposa-facadas-filhos-marretadas-morre-se-jogar-predio-313579

    --

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS