Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    sexta-feira, 19 de agosto de 2016

    Festa Tradicional Odori está em sua 32ª edição na Capital e inicia hoje, na Capital

    O evento é comemorado no Clube Campo e segue até 21 de agosto

    Divulgação/Arquivo

    Um dos maiores festivais do Estado de Mato Grosso do Sul, o Bom Odori, está em sua XXXII edição. Este ano, será realizado de 19 a 21 de agosto de 2016, a partir das 19h, no Clube Campo da Associação Nipo Brasileira, com o patrocínio da Unimed Campo Grande e de outras instituições.

    O evento reúne membros da Comunidade Nipo-brasileira Sul-matogrossense e promete atrair cerca de 6 mil pessoas. “A festividade é um sucesso em todas as edições e a Unimed Campo Grande apoia os eventos que contribuem e agregam ao bem-estar dos participantes”, aponta o gerente de Mercado da Unimed CG, Juliano Pereira.

    Segundo o presidente cultural e esportivo da Associação Esportiva e Cultural Nipo Brasileira - Acelino Sinjó Nakasato, o Bom Odori faz parte da agenda de comemorações de Campo Grande. Ele explica que a festa é tradicionalmente comemorada no mês de agosto no Japão, em reverência aos antepassados e que há 32 anos acontece no Brasil: “É como um carnaval para os brasileiros”.

    Acelino ainda esclarece que a festa não é exclusivamente para japoneses, mas para todos simpatizantes da cultura Nipo e terá apresentações musicais, danças, comidas típicas e atividades culturais. “Além disso, a Unimed CG estará presente com uma ambulância básica, para garantir atendimento aos participantes, caso haja necessidade”, complementa o gerente de Mercado da Cooperativa.

    Serviço 

    O festival começa nesta sexta-feira (19) e segue até domingo (21), com início às 19 horas. O evento é comemorado no Clube Campo da Associação - localizado no Km 2 da BR 262, saída para Três Lagoas.

    O convite pode ser adquirido na Rua Antônio Maria Coelho, 1068, ou no dia do evento (no local). Sócios não pagam entrada, mas devem apresentar a carteirinha; e não-sócios pagam R$10. Estudantes não associados que apresentarem a carteirinha pagam meia-entrada.




    Fonte: ASSECOM

    --

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS