Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    terça-feira, 30 de agosto de 2016

    Eleitor é orientado por sindicalistas a votar com responsabilidade

    Divulgação

    Trabalhadores do comércio e serviços nos municípios de Mato Grosso do Sul estão sendo orientados por lideranças sindicais dos comerciários a levarem mais a sério esse e todo processo eleitoral, para que a escolha dos representantes políticos tanto no legislativo como executivo, seja feita com critérios positivos e muita responsabilidade de cada um.

    “É preciso que cada cidadão vote com responsabilidade, com o compromisso de construção de uma sociedade cada vez melhor para todos”, afirma Pedro Lima, presidente da Federação dos Trabalhadores no Comércio e Serviços de Mato Grosso do Sul- Fetracom/MS. A entidade encaminhou circular aos sindicatos de comerciários em todo o Estado, sugerindo que em toda oportunidade de contato com os filiados (comerciários e de serviços) fosse abordado o assunto, chamando-os à responsabilidade para que o voto seja consciente e jamais seja vendido ou negociado.

    Pedro Lima, que também preside o Sindicato dos Empegados no Comércio de Dourados - SECOD, afirma que o eleitor sul-mato-grossense, assim como o brasileiro de maneira geral, tem evoluído muito elitoralmente falando, nos últimos anos, na escolha dos representantes políticos eleitos pelo voto popular. Entretanto, ele sente que ainda é necessário avançar mais, com um trabalho de toda sociedade organizada no sentido de conscientizar as pessoas sobre o poder do voto nas urnas.

    “Se não evoluirmos, vamos continuar elegendo pessoas sem competência para nos representar nas câmaras municipais e federal, nas prefeituras, nas assembleias, Senado e Presidência da República”, afirma Lima reforçando a necessidade das pessoas assistirem aos horários eleitorais e procurarem saber quem são realmente os candidatos. Se têm ficha limpa para representar o povo. “Não cabe mais, nos tempos de hoje, não tomarmos conhecimento de quem é esse ou aquele candidato. As informações estão aí, fáceis de serem absorvidas para, só então, a pessoa decidir pelo voto”, explica.

    Em circular enviado a sindicatos de comerciários de Dourados, Ponta Porã, Corumbá, Aquidauana, Maracaju, Três Lagoas, Paranaíba, Nova Andradina e outras regiões do Estado, a Fetracom/MS sugere que a entidade use de criatividade para conscientizar todo comerciário e trabalhadores nas áreas de serviços, que são ligados a essa federação, para que divulgue informações em que reforçam a necessidade de votar consciente e com responsabilidade.

    Nesse período de plena campanha eleitoral, Pedro Lima considera oportuno o sindicato fazer esse trabalho de conscientização, sem no entanto entrar no mérito de questões partidárias. “Precisamos nos ater somente ao trabalho de conscientização e formação das pessoas quanto à importância de seu voto para mudarmos, para melhor, nossas cidades, nossos estados, nosso país. Vender o voto, nem pensar!”, afirma.




    Fonte: ASSECOM
    Por: Wilson Aquino

    --

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS