Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    terça-feira, 9 de agosto de 2016

    Acrissul retoma feira agropecuária seis anos após ser suspensa em MS

    Evento acontece entre 5 de agosto e 5 de setembro (Foto: Acrissul)

    Após seis anos suspensa, a ExpoMS Rural retorna ao calendário do agronegócio de Mato Grosso do Sul. Realizada pela Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul) a feira agropecuária iniciou as atividades no último dia 5 e segue sua programação até 5 de setembro, no Parque de Exposições Laucídio Coelho.

    Segundo o presidente da entidade, Jonatan Pereira Barbosa, o objetivo da feira é oportunizar aos produtores do Estado a realização de bons negócios, assim como utilizar melhor o espaço do parque de exposições. "Por questões políticas, até então denominadas jurídicas, a Acrissul deixou de realizar uma série de eventos por muito tempo, mas agora está tudo resolvido e diante de uma estrutura como esta, seria negativo utilizar o espaço apenas uma vez ao ano, durante a Expogrande", relata Barbosa.

    Com mostra de animais, shopping permanente de ovinos e gado leiteiro, julgamentos, leilões e shows, a ExpoMS Rural é a feira com maior tempo de duração no País e está dividida em duas etapas. A primeira, entre 5 e 14 de agosto é dedicada à Exponelore MS, feira exclusiva da raça nelore padrão, com julgamentos, pavilhões com animais de argola, shopping de genética e leilões da raça, envolvendo os mais tradicionais criadores de Mato Grosso do Sul e de fora do Estado. Mais de 300 animais já estão confirmados para a pista. A primeira etapa também conta com núcleos de criadores de equinos.

    A segunda etapa acontece de 15 de agosto a 5 de setembro, com a participação de outras raças de bovinos como girolando, gir leiteiro, sindi, guzerá, montana tropical, senepol e também de equinos das raças árabe, além de pôneis e animais de trabalho.

    Outra novidade será a realização de um leilão inédito no Brasil, com 5 mil cabeças de gado nelore, sendo 2.500 expostos e outros 2.500 vendidos virtualmente. Segundo Jonatan Pereira Barbosa, ainda é prematuro prospectar público e o quanto o evento deve movimentar em negócios, mas os primeiros dias de feira já apresentam um cenário positivo. "Em apenas um leilão que contou com 464 touros, foram movimentados mais de R$ 4.800 milhões. Apesar da crise, o produtor investe em qualidade", avalia.

    O presidente da Acrissul destaca ainda que, para o produtor do Estado este evento é de grande relevância, principalmente diante do potencial competitivo da pecuária de corte sul-mato-grossense. "Temos animais de primeira qualidade. O melhor gado do Brasil é o de Mato Grosso do Sul e os importadores valorizam a qualidade genética e sabem que não vendemos animais comum e sim, um produto diferenciado", revela.

    Com a volta da ExpoMS Rural, Barbosa confirma que Campo Grande contará, entre outras atividades, com duas feiras agropecuárias fixas. "A dinâmica será sempre a Expogrande no primeiro semestre e a ExpoMs Rural no segundo, gerando novas oportunidades ao produtor".

    Além de pavilhões com animais e julgamentos, provas de tambor e baliza e a etapa final da Copa Acrissul de Laço Comprido, a ExpoMS Rural traz estandes comerciais e atrações para todo o público, como parque infantil, Projeto Fazendinha, Alameda Gourmet e shows entre os dias 13 e 21. A primeira atração é o show gospel com Bruna Karla, Aline Barros e André Valadão. No dia 19 é a vez de Henrique & Diego e Simone e Simaria subirem ao palco. No dia 20, Jorge e Matheus celebram 10 anos de carreira durante o show e encerrando, dia 21, a atração fica por conta de Matheus & Kauan e João Gustavo e Murilo.




    Fonte: campograndenews
    por: Elci Holsback
    Link original: http://www.campograndenews.com.br/rural/acrissul-retoma-feira-agropecuaria-seis-anos-apos-ser-suspensa-em-ms

    --

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS