Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    terça-feira, 19 de julho de 2016

    PSDB espera fechar aliança com o PMDB na Capital até sexta-feira

    Secretário da Casa Civil, Sérgio de Paula, diz estar otimista em acerto com o PMDB (Foto: Fernando Antunes - Arquivo)

    O PSDB espera fechar uma aliança com o PMDB em Campo Grande, até a próxima sexta-feira (22). Depois que o antigo aliado desistiu de ter candidato próprio, aumentou a possibilidade de apoio a vice-governadora, Rose Modesto (PSDB), pré-candidata a prefeita. Os tucanos querem formar um bloco forte, para eleição municipal.

    O secretário estadual da Casa Civil, Sérgio de Paula, disse que esta parceria com o PMDB está sendo construída de forma "madura", tendo em pauta não apenas Campo Grande, mas outros municípios do Estado. "Sempre respeitamos o PMDB e estamos próximos de um entendimento tanto na Capital, como em outras cidades".

    Ele ponderou que é preciso uma "união política" na Capital, para recuperar a cidade e fazer ela retomar o desenvolvimento. "Acredito que o momento é de união e parceria, Campo Grande precisa estar acima de tudo, com um amplo projeto de gestão, temos que tirar a cidade da UTI", ponderou.

    O PMDB montou uma comissão para discutir eventuais alianças e já teve uma conversa ainda ontem (18) com os tucanos. "Conversamos por um hora com o Junior Mochi e vamos continuar amanhã, estou otimista neste acordo, podemos seguir juntos".

    O PSDB vai apostar muito nesta eleição, na oportunidade de ter um prefeito que tenha "sintonia política e administrativa" com o governo estadual, que possa ter mais trabalhos em conjunto. "É uma cidade que sempre andou sozinha e pode caminhar de novo, por isso a importância desta união política", avalia o secretário.

    Sobre a composição da chapa de vereadores, os tucanos dizem que após fechar a coligação, vai poder discutir com os aliados, a melhor composição para que todos fiquem satisfeitos. "O importante agora é pensar na cidade, depois definimos as outras questões".

    Alianças 

    Sérgio de Paula ponderou que o PSDB deve seguir junto com o PTB em várias cidades do Estado, mas que em Campo Grande, entende que o ex-prefeito Nelsinho Trad (PTB) deve apoiar o irmão, o deputado Marquinhos Trad (PSD), para disputa municipal. "Não tem como exigir ou cobrar apoio, entendemos que é uma questão de família".

    O secretário acredita que o DEM, fiel aliado dos tucanos, também deve caminhar para um acerto com Marquinhos (Trad). "Natural que existam estas composições na eleição, respeitamos todos os pré-candidatos e queremos travar um bom debate na campanha".

    Sobre a escolha do vice, garante que se trata de uma decisão do PR e PSB, que juntos vão indicar o nome. O ex-superintendente do Sebrae, Cláudio Mendonça, segue como o mais cotado, ele inclusive já participa de reuniões e eventos junto com a pré-candidata tucana.



    Fonte: campograndenews
    Por: Leonardo Rocha
    Link original: http://www.campograndenews.com.br/politica/psdb-espera-fechar-alianca-com-o-pmdb-na-capital-ate-sexta-feira

    --

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS