Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    terça-feira, 26 de julho de 2016

    PF desmonta quadrilha suspeita de usar cartório de MS para 'esquentar' gringos

    Estrangeiros ganhavam documentos brasileiros falsos 

    Na Capital, policiais estão na Vila Bandeirantes (Foto: Cleber Gellio)

    Na manhã desta terça-feira (26), Polícia Federal cumpre mandados pela Operação Falsário, que investiga falsificação de documentos em Mato Grosso do Sul, principalmente para ajudar estrangeiros a entrarem no país. São cumpridos mandados em Campo Grande e em São Gabriel do Oeste.

    A operação é comandada pela Delegacia de Polícia Federal de Ponta Porã, que iniciou as investigações, e tem como objetivo desmantelar a organização criminosa que praticava várias fraudes no Estado, especialmente falsificar documentos públicos. Tais documentos eram usados por estrangeiros, para entrarem em território brasileiro.
    Foto: Cleber Gellio

    Aproximadamente 20 policiais cumprem os 5 mandados de busca e apreensão. Três mandados são cumpridos em Campo Grande e dois em São Gabriel do Oeste. Na Capital, viaturas estão desde as 6 horas na Vila Bandeirantes.

    Descoberta e início das investigações

    Segundo a PF, as investigações começaram a partir de uma pessoa que foi beneficiada pela falsificação de vários documentos, como certidão de nascimento, RG, CPF e certificado de dispensa de incorporação. Esta pessoa procurou a DPF para tentar tirar o passaporte, quando foi presa em flagrante e acabou entregando o esquema do grupo.

    A partir daí, a polícia iniciou as investigações da associação, que atuava com o Serviço Notarial e de Registro Civil do distrito de Areado, inseria dados falsos nos sistemas de informação pra gerar certidões de nascimento ideologicamente falsas. Assim, os dados que constavam nas certidões não estavam no livro cartorário.

    Os documentos tinham total credibilidade junto a outros órgãos públicos, já que eram emitidos por órgão autorizado e detentor de fé pública. A operação foi denominada 'Falsário' por conta da ação praticada pelo grupo, para obter documentos falsos. Os materiais apreendidos serão encaminhados para a Superintendência da Polícia Federal de Campo Grande.



    Fonte: Midiamax
    Por: Renata Portela
    Link original: http://www.midiamax.com.br/policia/pf-cumpre-mandados-capital-contra-falsificacao-documentos-309294

    --

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS