Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    quinta-feira, 28 de julho de 2016

    Morre a escritora Maria da Glória Sá Rosa, aos 88 anos



    Maria da Glória completaria 89 anos em novembro. (Foto: Arquivo/Alcides)

    Maria da Glória Sá Rosa, 88 anos, faleceu hoje à noite no Hospital El Kadri, em Campo Grande. Ela precisou ser internada depois de sofrer acidente vascular cerebral (AVC) no começo desta semana e chegou a ficar em coma. A professora e escritora é da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras e ocupava a cadeira 19.

    A notícia foi confirmada por amigos próximos. A Academia Sul-Mato-Grossense de Letras também publicou nota de pesar. Detalhes do velório ainda não foram divulgados pela família.

    "Infelizmente perdemos nossa Glorinha querida. Maria da Glória Sá Rosa acaba de falecer no Hospital El Kadri. Que ela esteja em paz! É só o que consigo dizer agora", lamentou Thereza Hilcar, colunista do jornal Correio do Estado, amiga de longa data de Glorinha e ocupante da cadeira 6 da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras.

    Natural de Mombaça (CE), Glorinha Sá Rosa, como também era conhecida, atuou durante 26 anos como professora na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), onde ensinou com dedicação e paixão literatura e história da arte.

    Ainda embrenhou-se em outros mares ao se diplomar em francês e fundar a Aliança Francesa em Campo Grande. O espanhol também fez parte da sua experiência, ao ensinar o idioma em escolas superiores e secundárias.

    Sua atuação na área das artes resultou na criação do Teatro Universitário Campo-grandense (TUC) e o Cine Clube de Campo Grande.

    Na política assumiu o cargo de secretária-adjunta da Secretaria de Desenvolvimento Social; diretora executiva da Fundação de Cultura; presidente do Conselho Estadual de Cultura; superintendente da Secretaria de Cultura e Esportes; e, ainda, presidente da Fundação de Cultura.

    Obras publicadas

    Estudo sobre Guimarães Rosa – 1967;
    Análise Estrutural do Romance – 1971;
    O Romance brasileiro atual Realismo Mágico e Realismo Mimético – 1976;
    Análise Interpretativa do conto “Casa de Bronze” de João Guimarães Rosa – 1974;
    Memórias da Cultura e da Educação em Mato Grosso do Sul;
    Deus quer, o homem sonha, a cidade nasce - "Campo Grande Cem Anos de História”;
    Crônicas de Fim de Século - 2001;
    Contos de Hoje e Sempre - Tecendo Palavras;
    Artes Plásticas em Mato Grosso do Sul (em parceria com Idara Duncan e Yara Penteado); 
    A Música de Mato Grosso do Sul, em parceria com Idara Duncan (FIC-MS, 2009);
    A Literatura Sul-Mato-Grossense na ótica de seus construtores - 2011 (em parceria com a escritora Albana Xavier Nogueira).




    Fonte: CorreiodoEstado
    Por: Rodolfo César
    Link original: http://www.correiodoestado.com.br/variedades/morre-aos-88-anos-escritora-maria-da-gloria-sa-rosa/283321/

    --

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS