Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    segunda-feira, 18 de julho de 2016

    Ministério da Agricultura aprova adesão de Mato Grosso do Sul ao SISBI-POA

    Foto: Guilherme Martimon

    Uma boa notícia para Mato Grosso do Sul. Depois de cumprir todas as exigências do Ministério da Agricultura, o estado agora faz parte do Sistema Brasileiro de Inspeção de Produto de Origem Animal (SISBI-POA).

    A adesão ao sistema vai permitir que as indústrias habilitadas pela Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (IAGRO), tenham suas embalagens identificadas por um selo que poderá ampliar o comércio de seus produtos a todos no território nacional.

    Recentemente, durante uma reunião no Ministério da Agricultura com as presenças do governador Reinaldo Azambuja, o secretário de Defesa Agropecuária, Luís Eduardo Rangel e a deputada Tereza Cristina (PSB-MS), o ministro Blairo Maggi elogiou o grande trabalho da Agência Estadual, que passou ser referência nacional na implantação do sistema. Mato grosso do sul é o nono estado aderir ao sistema.

    O diretor-presidente da Iagro, Luciano Chiochetta, enfatizou o empenho da deputada federal Tereza Cristina (PSB-MS) junto ao Ministério da Agricultura para liberação do SISBI-POA a indústrias de Mato Grosso do Sul. “ O Mercado está cada vez mais exigente. A adesão ao sistema coloca o estado no grupo seleto do sistema.

    Tereza afirma que continuará trabalhando para que outras indústrias também entrem no SISBI-POA. “Estamos atendendo às necessidades principalmente das pequenas empresas, destacou.

    SISBI-POA

    O Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI-POA), que faz parte do Sistema Unificado de Atenção a Sanidade Agropecuária (SUASA), padroniza e harmoniza os procedimentos de inspeção de produtos de origem animal para garantir a inocuidade e segurança alimentar. Os estados, o Distrito Federal e os Municípios podem solicitar a equivalência dos seus Serviços de Inspeção com o Serviço Coordenador do SISBI. Para obtê-la, é necessário comprovar que têm condições de avaliar a qualidade e a inocuidade dos produtos de origem animal com a mesma eficiência do Ministério da Agricultura. Os requisitos e demais procedimentos necessários para a adesão ao SISBI-POA já foram definidos pelo Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (DIPOA) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Também foram instituídos gestores estaduais para atuarem como técnicos de referência junto às Superintendências Federais de Agriculturas (SFA), responsáveis pela divulgação e orientação aos serviços de inspeção interessados na adesão ao sistema. 




    Fonte: ASSECOM
    Por: Flávia Rabelo

    --

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS