Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    sexta-feira, 22 de julho de 2016

    Médicos realizam primeiro transplante de mãos no Reino Unido

    Medicina: o paciente, que no acidente de trabalho perdeu suas mãos com exceção dos polegares, afirmou que já consegue ter algum movimento - Getty Images

    Londres - Um homem de 57 anos se tornou a primeira pessoa do Reino Unido a receber um duplo transplante de mãos após perder estas extremidades em um acidente de trabalho há três anos, informaram nesta sexta-feira os meios de comunicação britânicos.

    Chris King, da cidade de Doncaster, no norte da Inglaterra, foi operado no hospital Leeds General Infirmary (norte inglês) há poucos dias.

    O paciente, que no acidente de trabalho perdeu suas mãos com exceção dos polegares, afirmou que já consegue ter algum movimento e qualificou a doação de "formidável".

    "Não poderia pedir nada melhor. É melhor do que ganhar na loteria porque posso sentir tudo outra vez", declarou King aos veículos de imprensa.

    "São minhas mãos, realmente minhas mãos. O sangue corre por elas. Meus tendões estão unidos. São meus", contou o paciente, que perdeu estas extremidades em uma máquina de prensagem.

    O médico Simon Kay, especialista em cirurgia plástica do centro médico de Leeds, foi o responsável por esta operação, a primeira em que duas mãos foram transplantadas a um só paciente.

    Segundo o especialista, nesta intervenção, além disso, foram levados em conta outros aspectos, já que não se tratou de órgãos internos.

    "A ninguém importa o aspecto de um rim sempre que este funcione", mas no caso das mãos os especialistas tiveram que considerar a compatibilidade imunológica e se eraem apropriadas já que são vistas todo o tempo, acrescentou Kay.

    O paciente, que acredita que em breve possa sustentar uma garrafa de cerveja, disse que as mãos parecem ter sido feitas "sob medida".



    Fonte: Exame
    Da EFE
    Link original: http://exame.abril.com.br/tecnologia/noticias/medicos-realizam-primeiro-transplante-de-maos-no-reino-unido

    --

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS