Campo Grande (MS),

  • LEIA TAMBÉM

    sexta-feira, 22 de julho de 2016

    Dagoberto confirma que irá disputar prefeitura de Campo Grande

    O deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT) confirmou que será candidato pelo partido. (Foto: Arquivo)

    O deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT) confirmou, nesta sexta-feira (22), em entrevista, que será candidato a prefeito de Campo Grande nas eleições deste ano. Segundo o parlamentar, que é presidente estadual do partido, a oficialização de sua candidatura deve acontecer no dia 2 de agosto em evento com a presença do presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, e do ex-ministro da Integração Nacional, Ciro Gomes.

    De acordo com Dagoberto, o partido ainda avaliava se teria candidatura própria na Capital, mas decidiu bater o martelo na última semana e, eventualmente, com o seu nome para a disputa. O parlamentar ressaltou que, até a convenção, PDT está aberto a alianças e deve intensificar o diálogo com os chamados partidos de esquerda, para formar um bloco com o apoio de movimentos sociais, entre eles o próprio PT que tem como pré-candidato o vereador Marcos Alex. "Nosso caminho será este, queremos formar esta frente (esquerda) na cidade, para disputar o pleito", comenta.

    Dagoberto ganhou um fôlego a mais para entrar na disputa depois que foi absolvido pelo STF (Supremo Tribunal Federal), da acusação de peculato, pelo desvio de recursos no valor de R$ 30 milhões, na época em que era diretor-presidente do Detran (Departamento Estadual de Trânsito), de 1999 a 2003.

    O PDT chegou a trabalhar com o nome da ex-vereadora, Tereza Name, mas depois deste "aval" da Justiça, Dagoberto voltou a ser a primeira opção. Já o PT lançou a pré-candidatura do vereador Marcos Alex (PT), no entanto reconheceu que pode fechar com esta frente de esquerda, em apoio ao pedetista.

    Chapa de vereadores

    O PDT deve lançar uma chapa com 54 candidatos a vereadores em Campo Grande, segundo o presidente municipal do partido, Yves Drosghic.

    Atualmente, a sigla está sem representante na Câmara Municipal. A intenção nesta eleição é eleger de quatro a cinco parlamentares municipais.

    De acordo com o presidente, a chapa é composta por nomes do setor empresarial, como Ademir Delmontes, advogados como André Fredo e lideranças do partido, a exemplo de Wilson Fernandes e Roberto Mateus, suplente do vereador Lívio Leite (PSDB).



    Fonte: campograndenews
    Por: Michel Faustino
    Link original: http://www.campograndenews.com.br/politica/deputado-federal-confirma-que-ira-disputar-prefeitura-de-campo-grande

    --

    RECENTES

    POLÍTICA

    CONCURSOS